top of page

Dor crônica na menopausa atinge mais da metade das muheres



dor crônica na menopausa
dor crônica na menopausa

As dores crônicas afetam mais da metade das mulheres na menopausa, sendo que 20% delas apresentam dores em mais de uma local do corpo. Esta foi a conclusão de um estudo, publicado no The Journal of The Menopause Society. A associação entre dor crônica e menopausa não é algo novo.

 

Contudo, ainda há muito desconhecimento a respeito do assunto, o que leva à falta diagnóstico, tratamento e gerenciamento dos sintomas. Consequentemente, a qualidade de vida das mulheres no climatério, menopausa e pós-menopausa diminui, de forma significativa.

 

Segundo a fisioterapeuta Walkíria Brunetti, especialista em Dores Crônicas e Saúde Postural, as mulheres na menopausa passam por perda da massa óssea e muscular, devido à baixa produção do estrogênio, quedas nos níveis de vitamina D. “Para além disto, o próprio processo de envelhecimento causa alterações musculoesqueléticas, como perda de colágeno e elastina. Todos esses fatores contribuem para quadros de dores na coluna, pescoço, joelhos e articulações em geral”.

 

O problema do peso

Apesar da menopausa ser uma fase inerente a todas as mulheres, nem todas irão padecer de problemas e dores musculoesqueléticas. Pelo menos é isso que apontou um estudo recente, publicado na revista da FAEMA (Faculdade de Educação e Meio Ambiente). Os resultados mostraram que mulheres com IMC (índice de massa corporal) mais alto, tinham maior risco de sofrer com dores nas costas, rigidez articular e dores ósseas.

 

Já as mulheres fisicamente ativas, com IMC dentro dos padrões normais, eram menos propensas ao relato de dores crônicas. O mesmo estudo apontou que as dores na região lombar são as mais prevalentes em mulheres na menopausa.  

 

“O estudo corrobora o que vemos na prática da clínica. Infelizmente, o ganho de peso na menopausa é comum e isto afeta diretamente o sistema musculoesquelético. Outro ponto é que a atividade física é um fator de proteção, tanto para o controle do peso, como para prevenir ou gerenciar as dores crônicas”, ressalta Walkíria.

 

O ciclo vicioso da dor crônica

 

“A dor crônica pode levar ao chamado ciclo vicioso da dor. “A mulher evita atividades físicas com medo de sentir dor. Contudo, quanto menos ela se exercita, mais dor ela vai sentir. O sedentarismo piora a rigidez articular, acelera a perda da massa muscular e óssea, bem como leva a encurtamentos musculares importantes”, explica a fisioterapeuta.  

 

Conheça os benefícios do Pilates para mulheres na menopausa

 

Embora o Pilates tenha sido criado para recuperar soldados feridos na Primeira Guerra Mundial, o método se consagrou como um dos melhores exercícios físicos para combater os efeitos da menopausa na saúde musculoesquelética.

 

“O Pilates Studio, aquele feito nos aparelhos, traz inúmeros benefícios como fortalecimento muscular, especialmente no CORE. Trata-se do grupo muscular responsável pela sustentação da coluna. Também melhora a postura, o equilíbrio e a flexibilidade. Adicionalmente, o Pilates alivia o estresse, sintomas depressivos e ansiosos, bem como libera neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar”, comenta Walkíria.

 

“Uma boa estratégia é aliar o Pilates a treinos de força, para trabalhar outros grupos musculares. Contudo, também é importante praticar atividades aeróbicas como caminhadas, dança ou ainda outras práticas que sejam prazerosas para a mulher”, adiciona a especialista.

 

“Uma das vantagens mais importantes do Pilates Studio em relação a outras atividades físicas é que é possível adaptar os movimentos de acordo com a capacidade e necessidade da mulher. Vale lembrar que sempre é importante procurar clínicas especializadas, como instrutores que tenham formação em fisioterapia ou educação física, devidamente habilitados para aplicar o método”, finaliza Walkíria

 

Onde encontrar o Pilates Studio para mulheres na menopausa:

 

A Clínica Walkíria Brunetti oferece a modalidade do Pilates Studio, bem como treinos de força, sessões de fisioterapia, massagem terapêutica e Reeducação Postural.

 

Para mais informações, entre em contato pelo telefone ou WhatsApp

 

Tel. (11) 5041 – 7140

WhatsApp (11) 99121 - 9670

 

Siga nosso Instagram

 

Encontre-nos no Google Maps – Veja como chegar

 

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page