top of page

Musculação é essencial para quem já apresenta osteoporose




Há muito tempo a musculação deixou de ser uma atividade exclusiva de quem quer ficar com o corpo “sarado”. Hoje, os treinos de força são indicados para todas as pessoas como uma forma de prevenir, por exemplo, a osteopenia, que é a perda da massa óssea que ocorre durante o processo natural do envelhecimento.


A osteopenia costuma evoluir para a osteoporose, doença caracterizada pela deterioração do tecido ósseo. Como resultado, os ossos ficam frágeis e isso acarreta o aumento do risco de fraturas.


Segundo Walkíria Brunetti, fisioterapeuta especialista em Pilates e RPG, as fraturas do quadril, fêmur e da coluna estão entre as mais graves e frequentes nas pessoas com osteoporose. “As fraturas de quadril e fêmur geralmente resultam em hospitalização e cirurgia. Já as fraturas da coluna costumam levar à perda de altura, dor nas costas severa e deformidades”.


“Infelizmente, as fraturas de quadril e fêmur aumentam risco de óbito devido às complicações que podem se desenvolver durante as internações e cirurgias, como infecções hospitalares, pneumonias e outras condições que colocam a vida em risco”, comenta Walkíria.

Músculos e ossos: uma relação íntima


O que poucas pessoas sabem é que além da perda progressiva da massa óssea, o envelhecimento também causa perda da massa muscular, chamada de sarcopenia.


“A perda da força afeta o equilíbrio. A partir disso, a pessoa tem um risco maior de cair, por isso as quedas são bastante frequentes na terceira idade. Uma queda em uma pessoa que já tem osteoporose, portanto, aumenta de forma substancial o risco de fraturas e suas consequências, como a mortalidade”, explica a especialista.


Infelizmente, a osteoporose é considerada uma doença silenciosa, porque pode se desenvolver ao longo de muitos anos e passar despercebida até que ocorra uma fratura. Porém, é preciso ficar atento quando há dores intensas na coluna, perda de altura e cifose (corcunda) acentuada.


Invista nos treinos de força


Há várias medidas importantes para tratar a osteoporose, desde a ingestão de cálcio, vitamina D e medicamentos que ajudam a controlar a perda óssea. Para além do tratamento clínico, é preciso investir nos treinos de força e em atividades que promovam o fortalecimento dos músculos, bem como que melhorem a postura, equilíbrio e amplitude de movimento.


Entre as atividades que promovem esses benefícios estão o Pilates e os treinos de musculação. Embora sejam atividades diferentes, são complementares e potencializam os benefícios para a saúde musculoesquelética.


“A musculação aumenta a massa muscular e fortalece os músculos. O Pilates fortalece os músculos com benefícios adicionais como melhora da flexibilidade (amplitude de movimento), equilíbrio e postura”, comenta Walkíria.


“Vale reforçar que quando os músculos estão enfraquecidos, um simples tropeço pode ocasionar uma queda com fratura de fêmur, por exemplo. Portanto, uma musculatura fortalecida aliada a uma boa amplitude de movimento, postura e equilíbrio são aspectos fundamentais para proteger os ossos, principalmente depois dos 50 anos”, finaliza Walkíria.


Clínica Walkíria Brunetti conta com Treinos de Musculação


Desde agosto, a Clínica Walkíria Brunetti passou a oferecer Treinos de Musculação personalizados.


Além da musculação, a clínica oferece O Pilates Studio voltado para todos os públicos, incluindo os idosos, adolescentes (Pilates Kids) e Pilates para gestantes.


Para mais informações ligue ou manda mensagem para o nosso WhatsApp


(11) 5041-7140


(11) 99121-9670

コメント


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page