Correção de postura na infância e adolescência deve ser feita por especialistas




Olha a postura menino! Quem nunca ouviu essa frase na infância ou na adolescência? Nessas fases da vida a postura pode mesmo não ser muito adequada. Com isso, os pais mais preocupados tendem a corrigir as crianças ao perceberem as más posturas.


Contudo, nem sempre colocar o peito para fora e a barriga para dentro são recomendações assertivas para corrigir os vícios de postura de crianças e adolescentes, segundo a fisioterapeuta Walkíria Brunetti, especialista em RPG e Pilates.


“Em primeiro lugar, é preciso entender por que a criança está adotando uma má postura em certos movimentos ou posições. O encurtamento muscular, por exemplo, é muito comum em crianças e adolescentes mais sedentários. Essa condição é resultado de permanecer muito tempo na mesma posição. A partir disso, o corpo passa a ignorar a cadeia muscular do local e os músculos ficam “encurtados”.


De uma maneira mais didática, podemos dizer que as posturas incorretas levam o corpo a se adaptar na posição que exige menos esforço ou menos amplitude de movimento. “Um exemplo é a criança ou adolescente que usa o computador por muitas horas, com o tronco flexionado para frente ou ainda que adota essa posição ao caminhar. Com o tempo, a tendência é o desenvolvimento de uma cifose, a famosa corcunda”, explica Walkíria.


Há outros hábitos ruins para a postura na infância e adolescência, como carregar muito peso na mochila, levar a mochila de um lado do corpo numa flexão lateral, usar o celular demasiadamente. O celular pode causar problemas na cervical e tendinite nas mãos e punhos.


Dores do crescimento


A especialista comenta que durante os estirões do crescimento, é muito comum ocorrer uma desorganização da

musculatura. “O crescimento do sistema musculoesquelético pode desequilibrar as cadeias musculares e, consequentemente, isso afeta a postura. Portanto, os pais precisam prestar bastante atenção em mudanças de postura nessas fases”.


Postura precisa ser corrigida por um profissional


O que poucas pessoas sabem é que a correção da postura precisa ser feita por um fisioterapeuta, preferencialmente especializado em Reeducação Postural Global (RPG).


“A avaliação individualizada permite entender por que a criança ou adolescente adota essas posturas inadequadas. A partir desse conhecimento, traçamos um plano de tratamento que inclui o alongamento global das cadeias musculares. Além disso, a fisioterapia oferece para o paciente a referência do que é normal. Isso é fundamental, já que a criança não tem a referência do que é uma postura correta ou incorreta”, reforça Walkíria.


É muito comum que o pediatra ou o ortopedista recomende que os pais coloquem as crianças em uma atividade física, como a natação, por exemplo. Apesar da atividade física ser fundamental para uma boa saúde, o esporte não é suficiente para corrigir os vícios de postura.


“Antes de ir para o esporte, deve ser feito um trabalho de consciência corporal e de reorganização dos músculos para que a criança entenda o que é uma boa postura e quais são as posições corretas para cada movimento. Sem isso, podem surgir outros problemas musculoesqueléticos, mesmo que tardiamente”, aponta a especialista.


Após o trabalho de reeducação postural, os esportes como a natação, danças e artes marciais são bem-vindos. “Uma das modalidades que mais beneficiam crianças e adolescentes com problemas de postura é o Pilates Kids, que pode ser feito a partir dos 6 anos, sem contraindicações. O método atua no fortalecimento muscular, na melhora da postura, do equilíbrio, da coordenação motora, bem como aumenta a consciência corporal de forma mais permanente”, finaliza Walkíria.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square