top of page

Frio pode causar ou agravar dores musculoesqueléticas




Levante a mão quem nunca se encolheu na cama nos dias mais frios do ano? E aquela vontade de ficar dentro de casa vendo um filme ou lendo um livro quando as temperaturas estão baixas? Saiba que o comportamento que adotamos durante os dias frios impacta diretamente no nosso sistema musculoesquelético.


Segundo a fisioterapeuta Walkíria Brunetti, especialista em Dores Crônicas e Saúde Postural, durante os dias frios a tendência é contrair os músculos e deixar tudo mais tenso devido ao movimento de se encolher, por exemplo.

Um músculo menos flexível pode prejudicar os movimentos causando dores e desconfortos.


“Além disto, existe uma tendência em ficar mais dentro de casa, sem fazer esforços ou atividades físicas. Mas o corpo humano não foi feito para ficar parado, exceto durante as horas de sono. Todos estes fatores prejudicam o sistema musculoesquelético”.


Problemas pré-existentes


Nem todas as pessoas sentem dores musculares ou articulares durante o inverno ou nos dias mais gelados. “O risco de quadros dolorosos é maior quando a pessoa tem alguma condição pré-existente. Problemas na coluna como hérnias de disco, lombalgia, cervicalgia, bem como osteoartrose, tendinites e bursites podem precipitar crises de dor quando o clima está mais frio”, aponta Walkíria.


Outro grupo de risco são as pessoas que apresentam problemas na fáscia, como a síndrome miofascial.


Alívio das dores é feito com calor


A principal recomendação para aliviar as dores no corpo causadas pelo frio é aplicar calor nas regiões doloridas e contraídas e se aquecer. E isto pode ser feito de diversas maneiras. A primeira etapa é perceber em qual região do corpo o frio é mais prejudicial.


Veja algumas dicas


  • Use cachecol, lenços e blusas de gola alta para aquecer a região do pescoço e ombros;

  • As luvas são bem-vindas, principalmente para pessoas que já possuem algum tipo de desgaste articular nas mãos, como a osteoartrose ou artrite reumatoide, por exemplo;

  • Nas pernas a dica é investir em calças térmicas que podem ser colocadas por baixo das roupas. Outra recomendação é usar um cobertor ou manta pequena para cobrir as pernas durante o expediente

  • Aquecer os pés é essencial para espantar o frio. Atualmente é possível encontrar no Brasil botas forradas com efeito térmico.

Evite se encolher na hora de dormir!


Realmente não é fácil se deitar e sentir aquela sensação gelada dos lençóis. Neste momento, a tendência é se encolher até que a cama fique aquecida. Mas este movimento prejudica demais os músculos e causa uma importante contração.


“Uma ideia é forrar a cama com um cobertor mais leve ou ainda usar lençóis de flanela. Existem também os cobertores térmicos que são ligados na tomada e esquentam a cama. Uma dica final é usar bolsas térmicas embaixo das cobertas antes de se deitar”, adiciona Walkíria.


As compressas quentes também ajudam a aliviar as dores localizadas e são bem-vindas. O calor pode ser aplicado ao longo do dia para auxiliar no relaxamento dos músculos ou ainda para aliviar as dores. A água quente na hora do banho também é um recurso para reduzir a contração muscular.


Mexa-se


“Apesar do frio não ser uma sensação agradável, é importante manter a rotina das atividades físicas e inserir no dia a dia alongamentos”, finaliza Walkíria.



Comentarios


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page