Conheça o Pilates Kids





Os benefícios do Pilates já são bem conhecidos e documentados. A novidade é que o método pode trazer esses mesmos efeitos positivos para crianças e adolescentes. As pesquisas ainda estão em andamento, mas os resultados preliminares são animadores.


Um dos estudos mais recentes, publicado em 2020, no periódico Archives of Physical Medicine and Rehabilitation , apontou que o Pilates melhora a flexibilidade, força, controle postural, bem como ajuda na redução da dor em crianças com patologias musculoesqueléticas. Outra pesquisa apontou que Pilates reduz a curvatura da lordose lombar e melhora o alinhamento da coluna em crianças e adolescentes.


A partir dos 7


Segundo a fisioterapeuta Walkíria Brunetti, especialista em Pilates, a idade ideal para iniciar a criança no método é a partir dos 7 anos. Isso porque nessa faixa etária, a criança já entende as regras, bem como já tem mais controle dos impulsos, ou seja, começa a pensar antes de agir.


“O Pilates Kids é um método útil para a aquisição da consciência corporal, aspecto fundamental no desenvolvimento infantil. A criança vai aprender, de maneira divertida, a estabilizar a coluna, ombros e quadril a partir da ativação do Power House (centro de força)”, explica a especialista.


Para toda a vida

“Há muitos benefícios, como a melhora da flexibilidade, da força muscular, da postura, equilíbrio e coordenação motora. Além disso, o Pilates ajuda a aprimorar a concentração e a atenção, graças aos exercícios de respiração necessários para realizar os movimentos. Como qualquer esporte, o Pilates ainda contribui para a autoestima, autocontrole e autoconfiança”, reforça Walkíria.


“A criança e o adolescente irão aprender a trabalhar o corpo e a mente de maneira integrada. Esse é um ensinamento que para toda a vida. Esses praticantes mirins do Pilates vão crescer com bastante consciência da importância da atividade e do movimento para uma boa qualidade de vida”, aponta a especialista.


Cores e formas


Nas aulas são usados materiais coloridos e divertidos, como rolos, bola, disco giratório, cordas, discos de equilíbrio etc., para despertar o interesse das crianças. Isso ajuda a transformar o momento da aula em algo lúdico e divertido, bem como aumenta o engajamento da criança na atividade.



Apesar de todos os benefícios, Walkiria recomenda que os pais procurem profissionais e ou clínicas especializadas em Pilates. “É importante verificar as credenciais do professor/instrutor. A criança e o adolescente estão em fase de desenvolvimento. Os exercícios precisam ser bem direcionados para essa faixa etária, com todos os cuidados para evitar lesões”.


Diversidade


Um ponto interessante do Pilates Kids é que não é muito comum. “Há crianças e adolescentes que não gostam dos esportes mais tradicionais, como natação, ballet, futebol etc. Para esse público, pode ser uma alternativa interessante de atividade física, algo diferente”, comenta Walkíria.


Segurança


Por último, frente às restrições impostas pela pandemia, como maior tempo dentro de casa, uso prolongado de dispositivos eletrônicos e impedimento de esportes coletivos, o Pilates Kids é uma maneira segura e efetiva de colocar a criançada para se mexer.

Posts Em Destaque
Posts Recentes