6 hábitos e posturas que prejudicam o seu pescoço




Nada pior que acordar com aquele torcicolo incômodo! Quem nunca? Saiba que a culpa pode ser de alguns hábitos e posturas que você nem imagina que podem prejudicar o seu pescoço e região cervical.

A coluna cervical é responsável pelos movimentos da cabeça e do pescoço. Trata-se da região mais flexível da coluna em relação aos movimentos. Além disso, é uma área repleta de terminações nervosas que se ramificam para os ombros, mãos e braços.


De acordo com a fisioterapeuta Walkíria Brunetti, os problemas que afetam a região cervical podem causar dores e redução dos movimentos no pescoço. “Quem já teve um torcicolo sabe o quanto é difícil girar a cabeça para os lados para dirigir, por exemplo. Outro aspecto é a que a dor pode irradiar para os ombros, braços e mãos”.


Com a ajuda da especialista, elaboramos uma lista de hábitos e posturas inadequadas, bem como as recomendações para reduzir o risco de lesões e problemas no pescoço e região cervical.


1- Abaixar a cabeça para usar o celular

Praticamente todos os brasileiros possuem um celular. A vida hoje está, literalmente, na palma da mão. Trabalho, lazer, compras, pagamento de contas. Por meio do celular é possível realizar quase todas as atividades do dia a dia. Contudo, nem todo mundo adota uma postura correta para usar o telefone.

A postura mais comum ao usar um celular é abaixar a cabeça, o que leva a região da cervical a se curvar para frente. Esse vício de postura pode evoluir para uma hipercifose, a famosa corcunda do pescoço.


Como corrigir A postura correta para usar o celular é levá-lo à altura dos olhos. O ideal é sentar-se com os braços apoiados para não sobrecarregar os ombros.


2- Colocar as mãos na cintura

Sabe aquela mania de colocar as mãos na cintura? Seja na fila da padaria, no ponto de ônibus ou em uma roda de amigos, essa postura sobrecarrega o pescoço e os ombros.

Como corrigir

A melhor postura quando você está de pé e deixar os braços soltos ao lado do corpo.


3- Usar travesseiros altos ou baixos demais

Certamente, um travesseiro ruim pode ser o pior inimigo do seu pescoço. Travesseiros altos demais ou duros demais podem acabar com a saúde da cervical. Nesses casos, pode desencadear dores e inflamação nos nervos que fazem parte da região do pescoço.

Como corrigir

O travesseiro é responsável por alinhar a curvatura da cervical. O travesseiro deve ser usado de forma com que a altura se encaixe entre a cabeça e o colchão. O travesseiro não pode ser nem muito alto, nem muito baixo, nem muito duro e nem muito mole.


A dica é experimentar o travesseiro na loja, se possível deitado em uma cama. Vale também pesquisar os modelos que são feitos com materiais maleáveis, que se adaptam ao formato do corpo.


4- Segurar o telefone com o rosto e o pescoço

Sem dúvida, essa é uma postura clássica no dia a dia. Quando as mãos estão ocupadas, resta segurar o celular com o pescoço e o ombro. Esse péssimo hábito pode causar um torcicolo, pois deixa a musculatura do pescoço totalmente contraída. Caso a ligação seja demorada, o risco disso acontecer é bem grande.


Como corrigir

Faça uma coisa por vez! Há diversos recursos que você pode usar, como o viva-voz ou ainda o fone de ouvido do celular que é feito justamente para deixar as mãos livres durante das ligações.

5- Pescoço para cima ou para baixo no computador

Para quem trabalha em funções administrativas, o uso do computador pode ser um dos maiores vilões da saúde do pescoço. O vício de postura mais comum, nesses casos, é abaixar o pescoço para digitar. Entretanto, há também pessoas que costumam levantar a cabeça para enxergar a tela do computador. Em ambos os casos, a postura está errada.

Como corrigir

A tela do computador precisa estar na altura dos olhos, de modo que a pessoa olhe para a tela sem precisar abaixar ou levantar o pescoço. A distância entre a cabeça e a tela deve ser de cerca de 40 a 60 cm.


Lembre-se ainda de que para evitar dores no pescoço e nos ombros durante o uso do computador, também é importante que os antebraços estejam apoiados na mesa.


6- Tensão e respiração curta

Você já percebeu que quando está muito ansioso ou tenso, tende a segurar o ar? A tendência nesses momentos é realizar uma respiração mais curta, concentrando no tórax. Essa respiração torácica mais curta leva toda da tensão para a região dos ombros e do pescoço.

Como corrigir

Gerencie o estresse e tome consciência da respiração. Pratique a respiração profunda nos momentos de maior tensão no seu dia a dia. É muito simples: respire profundamente 10 vezes, desviando a respiração para o diafragma.


Quando a dor se torna crônica e a correção da postura não funciona, o ideal é procurar realizar sessões de Reeducação Postural Global (RPG) e fisioterapia para ajudar a corrigir a postura e melhorar a dor.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square