Acupuntura reduz sintomas da depressão e de outras condições psiquiátricas


Mais de 300 milhões de pessoas no mundo enfrentam a depressão, cuja prevalência aumentou 18% entre 2008 e 2018. Esses dados são da Organização Mundial de Saúde (OMS) que prevê que em 2020, ou seja, ano que vem, o transtorno depressivo será a principal causa de afastamento do trabalho. Além da depressão, é cada vez maior o número de casos de ansiedade, síndrome do pânico e estresse crônico.

Para a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), as emoções têm uma importância muito grande no estado geral de uma pessoa. Quando os sentimentos estão equilibrados, a saúde física tende a estar bem. Mas, quando o indivíduo apresenta alguma emoção exacerbada como, por exemplo, a raiva, isso pode causar uma doença devido ao desequilíbrio energético.

E foi partindo dessa premissa que a MTC desenvolveu a acupuntura há centenas de anos. A acupuntura é realizada por meio da inserção de agulhas em pontos específicos do corpo. É uma técnica versátil que pode ser usada para tratar as mais diversas condições e problemas de saúde.

A terapia reequilibra os canais energéticos do corpo, além de liberar substâncias que aliviam a dor, melhoram a inflamação, induzem ao relaxamento, modulam as emoções e equilibram os sistemas imunológico e endocrinológico. Uma curiosidade: o termo acupuntura foi criado por padres jesuítas no século XVII, derivando do latim acus e pungere, que significam agulha e puncionar.

Terapia Integrativa

A acupuntura é considerada uma terapia integrativa, ou seja, ela pode ser adicionada aos tratamentos convencionais de uma doença. A abordagem integrativa engloba o corpo, a mente e o espírito. Vários estudos ao longo dos anos mostraram os benefícios da acupuntura para a saúde física e mental.

Mas, foi mais recentemente que as pesquisas se aprofundaram na avaliação os efeitos da técnica na saúde mental. Um meta-análise publicada no Journal of Affective Disorders mostrou que o uso de medicamentos antidepressivos em combinação com sessões de acupuntura é mais efetivo do que o uso isolado do remédio. Outro estudo, publicado em 2017, mostrou que a acupuntura pode ser uma terapia alternativa à medicação para tratar casos de insônia em pacientes com depressão.

Acupuntura na Clínica Walkíria Brunetti

Desde o mês de maio, a Clínica Walkíria Brunetti oferece sessões de acupuntura, aplicada por três fisioterapeutas da equipe. A quantidade de sessões e a frequência do tratamento dependem do quadro clínico e da indicação.

Para mais informações ligue para: (11) 5041-7140 ou (11) 99121-9670 (whatsApp)

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square