Sobrepeso é uma das principais causas do joelho valgo

Mais conhecido como joelho em X, essa deformidade é mais prevalente

em mulheres com sobrepeso





O joelho valgo é um desalinhamento das pernas que ocorre quando o joelho fica virado para dentro de tal forma que a pessoa não consegue encostar os pés. A impressão é que as pernas formam um X, por isso é conhecido como joelho em X.


Segundo Walkíria Brunetti, fisioterapeuta especialista em RPG, Pilates e fisioterapia neurofuncional, o joelho valgo é muito comum em crianças. Até os quatro anos é muito frequente. Por volta dos sete anos, é esperado que o alinhamento dos joelhos esteja na chamada posição neutra.


“Normalmente, o joelho valgo tem uma influência genética, sendo, portanto, uma formação anatômica que ocorre como resultado do desenvolvimento ósseo na infância. Por esse motivo, é menos comum vermos um joelho valgo em adultos”, acrescenta a especialista.


Na vida adulta, o mais comum é que o desalinhamento dos joelhos ocorra em mulheres como sobrepeso. Outras causas são lesões nos ligamentos cruzados, no menisco, fraturas e osteoartrose.


Há outros fatores de risco para desenvolver o joelho valgo como a deficiência de vitamina D, o raquitismo, alargamento da pelve, falta de força na musculatura do quadril e exercícios físicos feitos de forma inadequada.


Dor é principal sintoma


Na maioria dos casos, o joelho valgo não representa um problema. “Contudo, o desalinhamento dos joelhos leva todo o peso do corpo para o lado de fora da perna além de colocar uma pressão adicional nos joelhos. Ao longo do tempo, isso pode levar ao desgaste da articulação, que irá causar dores e desconfortos durante a marcha”, explica Walkíria.


Em casos mais acentuados do joelho valgo, pode haver comprometimento da cartilagem, meniscos e até mesmo ligamentos. A pessoa pode ter dores nas laterais dos quadris, lesões nos ligamentos cruzados, redução da amplitude de movimentos, torções frequentes, tendinites, bursites etc.


Fisioterapia é fundamental

A maioria dos casos de joelho valgos não necessita de nenhuma intervenção. Quando há presença de dores e dificuldade nos movimentos é preciso consultar um especialista. O primeiro passo é perder peso, caso a origem tenha ligação com esse fator de risco. Os esportes de alto impacto também devem ser suspensos até que o problema seja corrigido.


Uma das principais indicações para corrigir o joelho valgo é aplicar técnicas de reeducação postural. “O objetivo é reorganizar a musculatura dos membros inferiores, quadris e coluna. Nesse momento, também é preciso avaliar a pisada e corrigi-la, se necessário. É muito comum a indicação do uso de palmilhas para ajudar nessa correção postural”, comenta Walkíria.


“Juntamente com a correção da postura, precisamos fortalecer a musculatura da coxa, quadris e glúteos. Isso permitirá que os joelhos consigam absorver melhor os impactos durante a marcha e nos exercícios físicos”, conclui Walkíria.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square