O que é fisioterapia infantil? Para que serve? Como funciona? Onde fazer?





Você já ouviu falar sobre a fisioterapia infantil, também chamada de fisioterapia pediátrica?


Antes de mais nada, é importante dizer que a fisioterapia infantil trata bebês e crianças até, aproximadamente, 12 anos.


A fisioterapia infantil tem várias aplicações, em diferentes condições de saúde, que afetam o sistema musculoesquelético, bem como o desenvolvimento neuropsicomotor.


Fisioterapia infantil: para que serve?


Dentre as condições e patologias que podem ser tratadas pela fisioterapia infantil estão:


  • Paralisia cerebral

  • Prematuridade

  • Transtorno do Espectro Autista

  • Doenças congênitas

  • Trissomia do cromossomo 21 (síndrome de Down)

  • Atrasos do desenvolvimento

  • Traumas e lesões

  • Torcicolo congênito

  • Distrofias musculares congênitas


Essas são algumas condições que podem ser tratadas pela fisioterapia infantil. Vale ressaltar que todas as doenças congênitas que afetam o sistema nervoso central (SNC) precisam de atendimento fisioterápico em algum momento.


Quais são os tipos de fisioterapia infantil?


Essa é uma boa pergunta. Há diferentes áreas dentro da fisioterapia infantil. Vamos conhecê-las melhor a seguir.


1- Fisioterapia Neurofuncional ou Neuropediátrica

A fisioterapia infantil neurofuncional, também chamada de fisioterapia neuropediátrica, é voltada para os bebês e as crianças com doenças ou lesões neurológicas.


Essa área da fisioterapia é voltada para bebês e crianças com paralisia cerebral, prematuridade e qualquer outra condição que afeta o SNC (sistema nervoso central).


Além disso, é importante dizer que crianças sem alterações no SNC também podem apresentar alguns atrasos no desenvolvimento neuropsicomotor ou outros problemas que demandam as sessões de fisioterapia.


2- Fisioterapia Infantil Ortopédica

Sem dúvidas, é a mais conhecida do público em geral. A fisioterapia ortopédica é voltada para bebês e crianças que sofreram algum acidente com consequentes fraturas, luxações ou lesões no sistema musculoesquelético.


Também trata crianças com alterações na coluna, como a escoliose, além de doenças reumáticas como espondilite, artrite reumatoide e outras condições similares.


Como funciona a fisioterapia infantil neurofuncional?

O papel da fisioterapia neurofuncional é fundamental no processo do desenvolvimento de bebês que nascem com condições como a paralisia cerebral e alterações no SNC, bem como para prematuros e crianças com síndromes genéticas, como a trissomia do cromossomo 21.


Hoje, sabe-se que graças à neuroplasticidade, que é a capacidade do cérebro em criar conexões neurais, é possível oferecer às crianças um desenvolvimento neuropsicomotor mais próximo do normal. Esse conceito se chama “intervenção precoce”.


Nesses casos, a fisioterapia infantil é um tratamento em longo prazo, com sessões mais periódicas.


Há diversas técnicas que são aplicadas para melhorar a psicomotricidade, a parte motora, o equilíbrio, a propriocepção, o tônus muscular, a força, entre outros aspectos.


Normalmente, outros profissionais participam desse processo, como terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos.


De qualquer maneira, é importante frisar que o plano de tratamento é individualizado para se adequar às necessidades do bebê ou criança.


O objetivo final é desenvolver o potencial da criança, dentro de suas possibilidades, para que se torne o mais independente possível para realizar as atividades da vida diária.


Como a família é envolvida na fisioterapia infantil?


O envolvimento da família no processo da fisioterapia neurofuncional é parte fundamental do tratamento.


Além de levar a criança para a fisioterapia, será preciso continuar os exercícios em casa, no dia a dia. Assim, o processo será mais efetivo e pode reduzir o tempo do tratamento ou o número de sessões ao longo do tempo.



Como funciona a fisioterapia ortopédica?


Nesses casos, a fisioterapia é mais pontual, dependendo do tipo de lesão ou alteração. Além disso, é voltada para condições que afetam apenas o sistema musculoesquelético.


Aplicações

- Reabilitação pós traumas, lesões ou fraturas

- Tratamento de escoliose e outras patologias da coluna vertebral

- Tendinites

- Dores do crescimento

- Doenças reumáticas, como artrite reumatoide e espondilite anquilosante

- Displasia de quadril


Onde fazer a fisioterapia infantil?

A fisioterapia infantil neurofuncional deve ser realizada por profissionais especializados nessa área. Nem sempre é fácil achar, principalmente em cidades menores.


A Clínica Walkíria Brunetti conta com uma equipe altamente especializada na área de fisioterapia infantil, tanto neurofuncional como ortopédica.


A fisioterapeuta Walkíria Brunetti atua há mais de 30 anos na área de neuropediatria, sendo especializada em fisioterapia neurofuncional, além de atender também na área ortopédica.


A clínica fica na cidade de São Paulo, na região do Campo Belo, zona sul da capital.


Para mais informações, ligue para ou mande sua mensagem para o nosso whatsApp (11) 99121-9670

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square