Fortalecimento dos joelhos é essencial para tratar a osteoatrose

04/27/2018

 

Artrose, osteoartrite ou simplesmente desgaste da articulação dos joelhos. Todos esses termos nomeiam uma das condições mais frequentes nos consultórios. Embora o desgaste possa acontecer em qualquer articulação do corpo humano, é muito mais comum nos joelhos por uma questão biomecânica.

 

Segundo a fisioterapeuta Walkiria Brunetti, os joelhos são responsáveis por diversos movimentos e sofrem muitos impactos ao longo da vida, seja nas atividades diárias, como andar, subir ou descer escadas, seja em esportes de alto impacto. “Além disso, os joelhos estão preparados para aguentar o peso normal de uma pessoa. Quando há obesidade ou sobrepeso, eles ficam sobrecarregados. Sem contar os riscos de traumas e contusões”.

 

A origem do mal
“A osteoartrose acontece quando a cartilagem se desgasta e surgem os chamados osteófitos, popularmente chamados de ‘bico de papagaio”. Essas duas condições levam a um atrito maior entre os ossos e pode causar a destruição total da cartilagem. O principal sintoma é a dor, que pode ser incapacitante em alguns casos. Com o passar do tempo, há enrijecimento dos joelhos, levando à rigidez da articulação.  comenta Walkiria.
 

A osteoartrose dos joelhos costuma ser mais comum nas mulheres que nos homens. É uma doença progressiva, ou seja, piora ao longo do tempo. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Reumatologia, 85% das pessoas com mais de 75 anos têm evidência clínica ou radiológica da doença. Cerca de metade dos pacientes apresentam dor crônica.
 

A artrose pode ser primária quando está ligada ao processo natural do envelhecimento e secundária quando é causada por alterações fisiológicas nos joelhos, lesões ou por problemas no metabolismo.
 

Fortalecimento dos joelhos é essencial
O primeiro passo após o diagnóstico é aliviar a dor e a inflamação. Depois, encontrar medidas que possam proteger a cartilagem. Alguns pacientes podem necessitar de próteses nos casos mais graves, quando a deterioração da cartilagem é total.
 

Walkiria explica que é fundamental fortalecer os joelhos. “Ao trabalhar os músculos da coxa, dos membros inferiores (pernas) e dos quadris, a musculatura se tornará mais eficiente. Isso é importante para estabilizar os joelhos. Também fazemos alongamentos para melhorar a flexibilidade e diminuir a rigidez, bem típica da artrose”.  
 

No tratamento da artrose, é preciso ainda levar em consideração algumas mudanças de hábitos e algumas estratégias para minimizar a progressão da doença. “Pessoas obesas ou com sobrepeso precisam perder peso para não sobrecarregar os joelhos, o que poderia agravar o desgaste. Também é recomendado evitar esportes de impacto, como corridas, por exemplo”, diz Walkiria.

A fisioterapeuta alerta também para a escolha dos calçados adequados. “O sapato precisa ser confortável e oferecer uma boa base de apoio para o arco plantar. Chinelos, rasteirinhas, sapatilhas e saltos altos devem ser evitados. Para as mulheres, o ideal é usar salto Anabela ou de 3 a 4 cm”.

Please reload

Posts Em Destaque

Alongamento favorece autonomia e qualidade de vida

23/03/2020

1/5
Please reload

Posts Recentes