Depressão e Pilates


Para se obter um resultado satisfatório, a depressão, que é uma doença grave, precisa de uma equipe multidisciplinar. É fundamental a participação de psicólogos, familiares e outros profissionais. O clínico geral Flávio Tocci nos aponta que “sem essa combinação, fica difícil vencer a doença”.

Como coadjuvante no tratamento da depressão, temos os exercícios físicos, que oferecem diversos benefícios. Quando se pratica exercícios, há a liberação de endorfinas, o que melhora o humor do paciente com depressão.

Além disso, exercícios também se mostram muito eficazes para combater ansiedade e stress. Quando atividades físicas são praticadas regularmente, o corpo descontrai e o sistema imunológico é ativado.

Entre as diferentes modalidades, temos o Pilates como opção, que se destaca por ser mais calma e exercitar a respiração e a concentração, além de oferecer grande relaxamento. Os resultados notados após cerca de um mês, incluem aumento de autoestima, a alegria com as mudanças estéticas e resultados médicos positivos.

Com o objetivo de se trabalhar a mente e o corpo de forma associada, o Pilates é, além de um exercício físico, um exercício mental.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square