blog

Blog Walkiria Brunetti: Fisioterapia, Pilates, Neurologia, RPG, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Saúde e Bem-estar 

Posts Recentes

Pilates é aliado no combate à dor crônica

Segundo a Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED), 37% dos brasileiros sofrem de dor crônica, sendo as dores do sistema musculoesquelético as mais comuns, atingindo 15% dos adultos. Quase todo mundo já experimentou a sensação de dor em algum momento da vida. E se você já passou dos 60 anos, a probabilidade de apresentar quadros dolorosos é ainda maior, principalmente a dor em sua forma crônica. A dor aguda é aquela que dura menos de 30 dias e a dor crônica é aquela que dura mais de 30 dias. Segundo a fisioterapeuta e especialista em Pilates, Walkiria Brunetti, a dor crônica afeta de forma significativa a qualidade de vida, pois pode reduzir a mobilidade, levar a quadros de ansiedade

Estudo mostra que calçados com solado geométrico ajudam a controlar dores nas costas

Você já deve ter ouvido falar que alguns sapatos podem causar ou piorar problemas nos joelhos, pés, costas e quadris. Entre os vilões da saúde musculoesquelética estão os chinelos, as sapatilhas, as rasteirinhas e os sapatos de salto alto. Mas, a novidade é que um estudo que acaba de ser publicado na revista científica Clinical Rehabilitation mostrou que sapatos ou tênis com solado plataforma, em formato de balanço, podem ajudar a fortalecer os músculos da coluna, contribuindo para melhorar as dores na região lombar. A explicação dos pesquisadores é que este tipo de calçado força a pessoa a manter o equilíbrio e a estabilidade ao caminhar, melhorando assim a força dos músculos que sustentam

Ficar sentado prejudica saúde musculoesquelética

Você já parou para pensar quanto tempo você fica sentado por dia? Em um cálculo rápido, se você contabilizar o tempo de ida e volta ao trabalho, o horário de trabalho, o horário das refeições e as horas em frente a TV, você pode chegar numa média de 11 horas por dia ou mais. Em um dia que tem 24 horas, no qual se dorme em média 8 horas, o tempo que você fica de pé é de cerca de 5 horas ou menos, dependendo do caso. Ou seja, você passa 70% do tempo sentado! Entretanto, o corpo humano não foi feito para ficar parado e muito menos sentado tantas horas. Estudos mostram que quanto maior o tempo que você fica sentado, maiores os riscos de engordar, desenvolver doenças crônicas e morrer de forma pr

Diário Regional - Nove motivos pelos quais os idosos devem fazer Pilates

Você já deve ter ouvido falar que o Pilates é benéfico para idosos. Porém, sabe o por quê? Após os 65 anos de idade, devido ao processo do envelhecimento e alguns fatores como sobrepeso, sedentarismo e doenças crônicas, é comum surgirem dificuldades de mobilidade, flacidez muscular, perda de massa muscular,de densidade óssea,do equilíbrio e da coordenação. “Todos esses fatores colaboram para o aumento do risco de lesões e prejudicam a autonomia dos idosos. Como consequência, há uma queda importante da qualidade de vida. Por isso, a prática de atividades físicas é recomendada como forma de melhorar a mobilidade dos idosos, assim como para minimizar os efeitos da idade na musculatura e na est

9 motivos pelos quais os idosos devem fazer Pilates

Você já deve ter ouvido falar que o Pilates é benéfico para idosos. Mas, você sabe o porquê? Após os 65 anos de idade, devido ao processo do envelhecimento e alguns fatores como sobrepeso, sedentarismo e doenças crônicas, é comum surgirem dificuldades de mobilidade, flacidez muscular, perda de massa muscular, perda de densidade óssea, perda do equilíbrio e da coordenação. “Todos esses fatores colaboram para o aumento do risco de lesões e prejudicam a autonomia dos idosos. Como consequência, há uma queda importante da qualidade de vida. Por isso, a prática de atividades físicas é recomendada como forma de melhorar a mobilidade dos idosos, assim como para minimizar os efeitos da idade na muscu

Sempre Materna - Lombalgia atinge metade das gestantes

Quanto mais jovem a mamãe, maior o risco de ter lombalgia Dores nas costas e problemas de postura são bastante comuns durante a gravidez. E isso não é nenhuma surpresa. O corpo da mulher muda drástica e rapidamente ao longo da gestação. E essas mudanças vão muito além do ganho de peso. Estima-se que metade das gestantes irá ter pelo menos um episódio de lombalgia durante a gravidez ou no puerpério. Mas, por que será que isso acontece? Segundo a fisioterapeuta Walkiria Brunetti, com o aumento das mamas e do abdômen, há um deslocamento do centro de gravidade para frente. “Isso leva a mudanças na postura, redução do arco plantar, hiperextensão dos joelhos e anterversão pélvica. Essas alterações

Posts em Destaque
Arquivo
Siga Walkiria Brunetti
  • Facebook Basic Square
Procurar por tags
Mulher caucasiano grávida praticando ioga

Mulher caucasiano grávida praticando ioga

Descreva sua imagem.

COLUNA VERTEBRAL

COLUNA VERTEBRAL

COLUNA VERTEBRAL

Fisioterapia

Fisioterapia

Descreva sua imagem.

Jardim de infância

Jardim de infância

Descreva sua imagem.

Pose do escorpião

Pose do escorpião

Descreva sua imagem.

Galgando

Galgando

Descreva sua imagem.

Bola Yoga

Bola Yoga

Descreva sua imagem.

Pilates Work Out

Pilates Work Out

Descreva sua imagem.

Prática de yoga

Prática de yoga

Descreva sua imagem.

Instrutor de fitness

Instrutor de fitness

Descreva sua imagem.

Massagem sueca

Massagem sueca

Descreva sua imagem.

Esteira

Esteira

Descreva sua imagem.

Pose Pilates

Pose Pilates

Descreva sua imagem.